A Festa de São João

A Festa de São João do Porto (ou, em francês, a festa de “Saint Jean de Porto”) é uma festa com mais de 6 séculos de existência. Decorre todos os anos na bonita cidade do Porto, onde milhares de pessoas se juntam na rua num ambiente festivo e animado para celebrar o São João. Descubra este acontecimento típico da região do Porto.


Na noite de 23 para 24 de junho, o Porto recebe cerca de 200.000 pessoas para celebrar São João Baptista, o seu padroeiro. É uma das maiores festas da Europa.


A Festa de São João deve as suas origens simultaneamente a tradições pagãs e católicas. No início, no século XIV, esta festa profana era dedicada ao culto do Deus Sol, bem como à celebração das colheitas e da respectiva abundância. Foi apenas alguns anos mais tarde que a festa se cristianizou pela Igreja Católica e que as festividades passaram a ser dedicadas não à adoração do Deus Sol, mas a São João, padroeiro da cidade.


A 23 de junho, a partir das 18 horas, os habitantes juntam-se nas ruas e a cidade começa a despertar e a animar-se. As festividades começam com a tradicional degustação de sardinhas grelhadas, acompanhadas por “Caldo Verde”, uma sopa de couve tipicamente portuguesa cujos aromas se espalham pelas ruas.


São organizadas diversas animações. Para começar, os participantes fazem uma peregrinação de 5 quilómetros entre a Praça da Liberdade e Matosinhos. Durante a Festa de São João, existem dois costumes originais: o primeiro consiste em bater com um martelo de plástico mole ou com alho-porro na cabeça das pessoas que se encontrar. O segundo consiste em distribuir vasos com manjericos a quem passa, para lhes desejar boa sorte. O Porto é há 200 anos palco de concursos de "cascatas" durante esta festa; trata-se de pequenas construções temáticas que representam a cidade do Porto.


Os participantes também terão possibilidade de assistir a concertos de rua, participar em degustações de vinho do Porto e de outros vinhos, podendo também ver espetáculos originais de cuspidores de fogo, entre outros. E, para terminar a festa em beleza, há um fogo-de-artifício à meia-noite, sobre o mítico Rio Douro.